Ostra

O amor não aplaina arestas nem apaga diferenças. Existe, e sobrevive, apesar de. Às vezes dói. Mas se recobre a ferida na aceitação do fato de que ninguém vai mudar. E, mesmo assim, a perda parece insuportável. Então uma pérola cresce nesse esforço de superação em...

Leia mais...

Lobo da estepe

Hoje eu estou sozinha. Não porque não haja mais ninguém aqui. É que estou me sentindo por fora. Fora do mundo, fora da moda, fora do tempo. E sei que somos todos um! Que estamos todos no mesmo barco! Ainda assim, existem eremitas de todo tipo. Por algum motivo,...

Leia mais...

Quem me fará feliz?

Quando encontrar minha outra metade serei total, enfim. Sua ternura satisfará minha carência, e deixarei de fazer concessões em troca de afeto. Sua força resolverá minha insegurança, minha carreira vai deslanchar. Solidão, medo, consumismo e outros problemas, tudo...

Leia mais...

Amor

Amor. A melhor definição que encontrei, e a mais difícil de viver, foi a de Humberto Maturana. Cito de cabeça, sem textualidade: AMAR é aceitar o outro enquanto outro, em seu direito de ser outro. Então quem eu amo não é meu, é dele mesmo? Que ciúme pode haver maior...

Leia mais...

Breque

Desliguei o “corra, Lola, corra”. Nada aconteceu. Nenhum castigo, nenhum alívio. Os problemas todos no mesmo lugar, com as mesmas características. Só perderam a urgência. O Tempo parecia ter se esquecido de me devorar, indo atrás de outros petiscos. Um mundo diferente...

Leia mais...

E então é sábado

E então é sábado É claro que não sou preguiçosa. Mas sou suscetível a frequentes estados de langor… Como hoje, por exemplo, apesar de ser sábado, o dia oficial da alegria exterior e gregária, quando é de bom tom sair de casa para se divertir. Isso agravado por um festival culto...

Leia mais...

Free WordPress Themes, Free Android Games